sexta-feira, 8 de junho de 2007

Beleza Americana



Ontem revi este filme de 1999. Ele não é unanimidade apesar dos muitos prêmios que recebeu. Eu gosto muito, gosto do cinismo do cara em plena crise (dos 40, 42 anos), numa fase em que, ele mesmo diz, não tem nada a perder. Chuta o balde, fala o que quer para a mulher, patrão, filha. É meio doentio, não digo que ele esteja sempre certo (acho que não tem ninguém realmente 'certo' neste filme), mas pelo menos o homem rompeu as amarras daquele sociedade imbecil, exigente e vazia.

Na verdade eu decidi rever este filme ao ouvir umas partes de um curso que foi dado aqui na nossa escola. O nosso visitante americano de quem falei alguns posts atrás é roteirista da W.B, ele estava fazendo uma análise do roteiro do filme (eu estava trabalhando e não pude participar de tudo, mas o pouco que eu ouvia era interessantíssimo)com um grupo de alunos de cinema. Ele deixou aqui os filmes que usou para trabalhar e ontem eu troquei a leitura pelo Beleza Americana. Foi isso.


Achei essa explicação no Wikipedia: American Beauty


"American Beauty é o nome de uma variedade de rosa criada artificialmente para que tenha uma aparência perfeita. Ela não tem perfume."
...

4 comentários:

José Renato disse...

Vi seu comentário lá no Sindrome de Estocolmo. Se você reparar tem sempre um de Uberlândia vindo aqui dar uma olhadinha. Só não deixo comentários porque o seu blog é mais para pessoas, digamos, vip. Brincadeirinha.
Agora vou postar sempre por aqui então hehe.

Beleza Americana é bom demais. Ah não sei se já viu volver do Pedro Almodovar tia. Se não viu assista, é lindo, dá vontade de assistir de novo assim que o filme acaba.
Beijos.

Dona Minhoca disse...

Sem perfume. É isso.

Polly disse...

Ei leila :)
Sempre que me perguntam se eu choro em filmes eu me lembro desse aí :( só assisiti uma vez, estava no cinema; tudo porque eu vivi uma cena real muito similar àquela no final do filme em que o cara leva um tiro na nuca...Tudo veio a minha mente novamente com muita intensidade e chorei horrores. Quem sabe um dia eu assisto novamente :(~Interessante saber do significado de "american beauty"

Manoel Carlos disse...

O filme é agoniante, eu gostei, anteontem eu o comentava com Flora que disse adorá-lo.