quarta-feira, 27 de outubro de 2004

Gringo again

[A Dani, da Duas Primaveras, muito gentilmente, enviou-me a seguinte explicação a respeito da palavra Gringo]


"Você com certeza já ouviu as palavras "oxente", "gringo" e "forró". Porém, você tem alguma idéia da origem dessas palavras?As palavras "Oxente", "Gringo" e "Forró", vem da mesma época e local. Do Nordeste, na época em que os americanos tinham bases no Brasil, epocas da Primeira e Segunda Guerra Mundial.A palavra "Oxente", era muito dita por americanos, que diziam "Oh Shit!" (Traduzindo - "Oh Merda!"). Porém, o nordestino ao ouvir aquelas expressões dos soldados norte-americanos, começou a usa-las e a adapta-las, até que hoje, se fala dessa maneira "Oxente", e muitas vezes de outra maneira também conhecida, "Ôôxxi!", sendo que o segundo exemplo é mais parecido.A palavra "Gringo" tem uma origem parecida. Os soldados americanos, quando estavam no nordeste naquela época, apesar de não terem trabalhado muito, tinham que fazer treinamentos, e nos treinamentos, quando queriam se comunicar uns com os outros a fim de se mover, diziam: "Green Go, Green Go". A tradução dessa expressão é "Verde vai, verde vai", quando na verdade queriam dizer, para que os verdes se mexessem. Os soldados que tinham uniformes verdes camuflados, eram conhecidos como "verdes".
Muita gente, ao ver alguns treinamentos, ouvia alguns soldados gritando "Green Go, Green Go", e via outros se movendo. Daí a expressão, quando queriam se referir aos soldados norte-americanos, diziam que eles eram os "Gringos"!"

"A palavra "gringo", para desigar cidadãos dos Estados Unidos, provavelmente se originou da cor verde dos uniformes americanos durante a guerra contra o México. Seria uma modificação uma dessas duas possibilidades: "Green, go" (Verdes, vão embora) ou "green coat" (os homens de) casaco verde. Segundo a Encyclopedia of Word and Phrase Origins, de Robert Hendrickson, a palavra pode ainda ter se originado de uma música cantada pelos americanos durante essa mesma guerra que começaria pelo verso "Green grow the rashes O". Finalmente, havia ainda um major americano de nome "Ringgold", que se parece com a pronúncia de gringo sem o "g". em algumas regiões do Brasil, "gringo" também se aplica a estrangeiros de outras nacionalidades além da americana, ou mesmo a pessoas de pele muito clara"


----------------------------------------------------------------

E só para complicar, achei mais essa no Houaiss

Gringo

[Houaiss]. Etimologia: Segundo Corominas, deformação de griego ‘grego’ (>grigo>gringo), com o sentido de língua incompreensível em comparação ao latim.





3 comentários:

Denise Arcoverde disse...

Hahahaha... e tem mais, Leila, a criatividade nordestina não tem limites... lá a gente fala que a mulher (ou animal) está "prenha" = pregnant... dizem que o forró vem de uma festa organizada pelos ingleses, na qual o povo da cidade podia participar, e tinha uma placa na fente dizendo "for all" (essa, tem historiadores que contradizem). Atualmente, aprendendo mais inglês, eu sempre encontrou outras pavrinhas que eram bem comuns, nordestinadas, na minha terra... mas não lembro agora... Beijinhos!

Manoel Carlos disse...

Sempre soube que oxente era uma contração resultante de oh gente; parece-me correta esta explicação, pois sempre a usamos em situações que poderia ser substituída pela expressão original.
Da mesma forma, "Ige" vem de "Virgem Maria", para revelar espanto, admiração.
Cadê vem de "que é feito de", por "que é de", "quede" ou "quedê" até cadê. Em Pernambuco ainda há quem diga quedê, ao invés de cadê.

Valter Dias disse...

Seria interessante que o comentário acerca das origens do "oxente" e do "forró" tivessem as fontes das informações. Por exemplo: Houaiss informa que a origem do "oxente" origina-se na expressão "oh gentes", que passou por algumas contrações até chegar no "oxente > oxe(i)". As fontes são importantes para verificados a seriedade das pesquisas, e assim contribuir melhor para nossas discussões.