sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007

YouTube censura Ateísmo

"Ao que tudo indica, o YouTube, empresa controlada pela Google, tal como a Gmail e o Blogger (pensavam que era só a Microsoft a tentar monopolizar isto tudo?), começou a enveredar por um caminho algo estranho de censura.
Nick Gisburne é um ateu que tem utilizado frequentemente o YouTube para divulgação dos seus vídeos em que promove o ateísmo e critica o fenómeno religioso em geral. Nick produziu um vídeo com passagens do Corão que compilou a partir deste site. As passagens em causa expunham a violência explícita do Corão.
Nick viu o vídeo em causa ser banido e, por último, após várias tentativas de novo “upload” do vídeo, acabou por ser ele próprio suspenso do YouTube. Curiosamente, durante o processo, Nick criou um vídeo semelhante mas com passagens violentas da Bíblia que foi, também ele, apagado.
Será este mais um exemplo de como na sociedade norte-americana o ateísmo se encontra na base da cadeia alimentar? Ou estará o YouTube, agora que é controlado pela Google, a ter que se preocupar com a pressão de grupos económicos influentes?"
Helder Sanches
Continua aqui

6 comentários:

Anônimo disse...

Não consigo comentar aqui, vamos ver s eagora vai.
É irritante este comportamento retrógrado. Fico p da vida. Bjs Laura

Anônimo disse...

Qto à Sylvia P. é tudo tão triste... morro de pena. Este tipo de homem, está cheio por ai, adoece as mulheres, são doentes- invejosos.
bj
Laura
PS:Só vai aqui no 'anonimato' :)

Manoel Carlos disse...

Para quem tanto apregoa a liberdade de expressão...

Daniela Mendes disse...

Q nojo! Até Deus deve estar recriminando. kkkkkkkkk

Polly disse...

pra vc ver que a liberdade de expressão é teoria, porque na prática...aff!!

ediney disse...

todas as tragédias da humanidade foram causadas por religiosos.Mesmo na União Soviética a religião estava presente.
O catolicismo durante anos matou,robou e ajudou a destruir civilizações.
Bem fez eu que sou ateu...