quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Bélgica recebe competição mundial de tiradores de chope

Folha de São Paulo, 13/11/2008

JANAINA FIDALGO
Enviada especial da Folha de S.Paulo a Leuven


À primeira vista, tirar um chope perfeito parece a atividade mais simples do mundo.Bastaria abrir a torneira da chopeira, posicionar o copo e esperar encher até formar um colarinho no tamanho certo.
Na prática, o serviço do chope não é bem assim. Ainda mais se o bartender tiver apenas sete minutos para explicar quais são as cervejas disponíveis, descrever as características de cada uma, anotar os pedidos, lavar e enxaguar quatro copos, extrair em sincronia dois chopes do mesmo tipo --e com tamanhos idênticos de colarinho-- mais um terceiro, diferente, enxugar bem a taça em que será servida uma quarta cerveja long neck e levar tudo à mesa, sem errar quem pediu o quê, e, ainda, olhar nos olhos do cliente e desejar "saúde!". Tudo em público e sobre um palco.
Assista ao vídeo sobre os nove passos do ritual de extração do chope

Continua aqui...

...
Eu não gosto de cerveja (chope é mais ou menos a mesma coisa, não?), mas achei engraçada esta notícia, além disso é na Bélgica, faz 3 séculos que não falo da Bélgica aqui neste blog que ainda se chama Cadernos da Bélgica...Essa cidade onde se passa o concurso é muito bonita, é uma cidade universitária, tem uma das universidades mais antigas do mundo. Eu estudei na parte 'francófona', Louvain-La-Neuve.
Nos anos 70 a universidade foi dividida, neerlandófonos ficaram em Leuven e escorraçaram os francófonos que tiveram que construir às pressas uma cidade para comportar o campus. Então a parte francófona é bem nova, ao contrário de Leuven que é antiga e linda.
...
Muito, muito trabalho esta semana (and no play makes Leila a dull girl).

Um comentário:

Mauro Castro disse...

O meu passageiro, seu Gino, do qual já falei no Taxitramas, tira o chope do restaurante mais tradicional de Porto Alegre, o Barranco. Seu Gino, do alto dos seus quase 100 anos tem a manha.
Há braços!!