sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

O Poema da sexta-feira




Se eu não estiver viva

na volta dos passarinhos,

dê ao de gravata rubra

lembranças minhas de alpiste.

Se eu não disser obrigada,

por estar adormecida,

saiba que fiz o que pude

com meus lábios de granito.




Emily Dickinson



Tradução Paulo Mendes Campos.

...
Emily Dickinson nasceu no dia 10 de dezembro de 1830.

4 comentários:

Ricardo Valente disse...

... e isto é lindo... e diferente. Poético! Abraço!

Sonia disse...

Leila, eu já li muito do que você está lendo agora porque tenho anos-luz à sua frente. Em dois meses serão 71 anos de idade e uns 66 de leitura.
Lindo poema sim.

JOCENDIR CAMARGO disse...

Seu blog é sempre um espaço de lazer, cultura e beleza... sempre lindo e delicioso... e grato pela indicação do blog de seu irmão... outro espaço delicioso...
UM ABRAÇO...

O que Cintila em Mim disse...

A Emily é sempre um sopro no coração!