quinta-feira, 23 de fevereiro de 2006

Dois mini-contos

[Retirados do blog rapidinhas que comporta contos de no máximo 120 palavras. O primeiro é do Rubens da Cunha e o segundo do Marcelo d'Ávila. Excelentes.]
Morte Súbita

"Basta!" Gritou e morreu no meio da calçada. Foi recolhido ao IML.
Até agora, seis dias depois, não reclamaram o corpo. Tudo indica que será enterrado como
indigente, diz o funcionário asséptico. Dentro da boca do defunto, uma mosca pede socorro.

Rubens
....................
Olhos de gato

Preciso tirar esse peso das pálpebras, essa areia dos olhos: um gole e mais outro comprimido. A estrada some na luz dos faróis, uma cobra negra rebolando à minha frente. Maldita areia nos olhos. Mais um gole. Preciso tirar a bigorna das pálpebras. A cabeça oscila como uma vara de pesca. Um gole. Preciso. Um gato gigante de olhos de fogo em minha direção. Preciso comprar cebolas para os peixes. Um comprimido. Os olhos do gato estão piscando. A cabeça cai. Preciso. (seis pessoas da mesma família mortas em acidente na 101, envolvendo um Astra de Caxias e uma carreta com placas de Palhoça. A Polícia Rodoviária acredita que o motorista da carreta tenha dormido ao volante).

Marcelo d'Ávila

5 comentários:

Manoel Carlos disse...

Marcelo, já conheço de outros textos. Ruabens, não me lembro de ter lido.

Thiago Quintella disse...

Que ótimo exercício! Gostei muito deste estilo de conto!

Rubens da Cunha disse...

obrigado, sabe que eu nem lembrava mais dessa rapidinha. ainda gostei, pelo menos tá sobrevivendo ao tempo :))
beijo
rubens

marcelo disse...

Muita honra estar aqui no Cadernos, Leila. Ainda mais ao lado do Rubens. beijão e obrigado.

tania disse...

Que beleza de colegas a gente tem, não é Leila?
Essas raps do Rubens e do Marcelo rebentaram.
Sensacional.
Bom,tu sabes o quanto eu amo este projeto lá da oficina.Acho que é um dos melhores. O pessoal mostra o seu talento num vapt-vupt e, além disso, é um exercício e tanto.
Parabéns por ter postado.
Muito boa idéia.
beijos