quarta-feira, 28 de setembro de 2005

Fogo


Ventava naquele dia em que meu corpo parecia me deixar.
Olhei para fora e contemplei o cedro de folhas agitadas. O coqueiro, quase ao lado, permanecia calmo e elegante. Estranhei o fato, se estavam tão próximos, a força que balançava um não deveria balançar o outro?

Aquele parecia um bom dia para morrer, à hora do ângelus.

Pensei com menos propósito do que aquele cedro e decidi que o céu cinza combinava com um blues, entretanto coloquei The Doors e pensei no meu doce Frederico. Onde estaria?
“Come on baby, light my fire”. Soube, então, que ele ia voltar.

Tinha deixado todos os seus discos.




Manila - Cemitério chinês
foto por Leila Silva

8 comentários:

Anônimo disse...

Blog, Blog, Blog! What does Blog mean anyway? Please go see my P2P Program related site. The Top 12 P2P Softwares are right there.

Anônimo disse...

what?

the wholesale man

Anônimo disse...

A Mash-up Matrix
Rob Hof Via O'Reilly Radar , here's a link to a new matrix of Web mash-ups . It's a great guide to the programmable Web from the programmableweb blog written by John Musser.
Nice blog, good job! Check our GOLD Discovery site at http://www.thegoldhunter.net/ You could be walking over Millions in Gold and not even know it. . They are even filtering and recovering GOLD out of water! Take a break and check our GOLD Discovery site out at http://www.thegoldhunter.net ENJOY!

Manoel Carlos disse...

Um comentário genérico: você começou a postar imagens, manteve a clássica sobriedade e apurado bom gosto.
Quanto a Fogo: é de uma melancolia contagiante, até parece um convite para ouvir o tristíssimo blues de Flora lá de baixo.
A tristeza é ruim, mas transformada em arte é de beleza singular.
Não sei se desejo ser mau ou muito mau.
Não sei se desejo que você deixe de produzir estas belezuras ou se continue.
"Grande dilema. O homem tem os problemas que ele próprio cria. Cada um tem os dilemas que pode ter, ou que quer ter. O de Mafemane resumia-se à hesitação..." Julie Agossa Djomatin in A árvore do umbigo.

Allan Robert P. J. disse...

A melancolia só é bela quando oferece uma alternativa. Que, contudo, deve ser conquistada.

Sonia Sant´Anna disse...

Leila, cada dia uma bela surpresa. Eu queria saber fazer comentários como o do nosso Manoel.

Laura disse...

Menina, que triste! Bj laura

TMara disse...

blues, melancolia, saudade..O cemitério e o regresso. espero. bj