domingo, 6 de agosto de 2006

Palestra online SBS


A Editora SBS Livraria Internacional, convidou-me, há algum tempo, para fazer uma palestra online. O título da minha palestra é: Ensinando Português como Língua Estrangeira na Europa: Relato de uma Experiência.
É um assunto bastante específico, o ensino de línguas, mas pode interessar a alguns de vocês. A minha 'palestra' consiste exatamente nisso que diz o título, é um relato. Vou colocar um resumo abaixo, quem se interessar pode ir até a página da SBS, ler e deixar perguntas se for o caso. A minha está marcada para a semana de 07/08.
Resumo:
O objetivo desta palestra é relatar, de maneira não-acadêmica, minha experiência com o ensino de Português Língua Estrangeira (PLE) na cidade de Bruxelas. Ensinei, por alguns anos, língua francesa no Brasil, sou formada em Letras (português-francês), habilitada, portanto a ensinar as duas línguas. Ao contrário do que eu esperava, nas escolas por onde passei em Bruxelas (foram várias), esse diploma específico na língua que eu me propunha a ensinar, não era exatamente um trunfo. Descreverei também o público que eu atendia, seus objetivos que eram dos mais variados, desde mera curiosidade lingüística ou cultural a negócios que envolviam o Brasil e outros países lusófonos, descreverei ainda as escolas, seus métodos, o que esperavam de um professor, o que ofereciam.

7 comentários:

Laura disse...

Estou gostando de saber mais de vc:)
Boa sorte com a palestra, vai ser onde? um site?
bj laura

Anônimo disse...

Oi, Leila

Obrigado pela visita no meu blog bissexto. Bom ter notícias suas.
Bj,

UK

Manoel Carlos disse...

Dependendo do horário...

marcelo disse...

ihhh...perdi a data...mas parabéns, Leiloca. Tou ficando amigo de gente importante, hein? Depois da Vera publicada pela Martins Fontes, palestrante onlaine...rs. Beijão.

Allan Robert P. J. disse...

Me assusta como as coisas que aprendemos antes de chegar à Europa perdem o valor por aqui. Essa mania europeia de olhar pro proprio umbigo às vezes cansa, mas a força de vontade de pessoas como Leila Silva podem acabar mudando mesmo os habitosmais arraigados. Parabens!

Anônimo disse...

Querida Leila,
Li com muita atenção o relato de sua experiência com PLE e acho tudo surpreendente. Assim, desmistifica-se um pouco a idéia da superioridade de um povo em relação a outro. Pelo que pude ver, pelo menos nas instituições por que você passou, parece que há um espírito un tanto "brésilien" no que se refere ao ensino. Poço estar errado na minha apreciação. Se estiver que me desculpem
Um beijo fraterno.
Getúlio

Anônimo disse...

Oi Leila,
Cuida que no meu trajeto pela sua experiência PLE, repentinamente, claudiquei e caí num poço profundo e agora penso: - como posso me restabelecer da queda?
Um abraço
Getúlio