segunda-feira, 29 de agosto de 2005

Croniqueta do cerrado

Lágrimas do infinito

ou

a chuva vista por um sentimental


Chove e tudo em volta parece poesia, o verde que se estende além é tranquilo, as vacas de olhar filosófico nada estranham, o cachorrinho vira lata esconde-se da chuva, treme com os trovões, aproxima-se a pedir carinho com a doçura própria dos caninos. Tão sujo, enlameado, mas como recusar? As mãos, lava-se depois.

Lamento o lap-top que esqueci na cidade. Pego um livro, Bashevis Singer, uma manta e deixo a chuva cuidar da natureza que me rodeia.
Leila Silva
.......................................................................................
“Ninguém me ama
Ninguém me quer
Ninguém me chama de Baudelaire.”
Antônio Maria

14 comentários:

rosangela disse...

Tão doce, Leila. Eu amo o cerrado. O nosso cerrado. E adoro a chuva no nosso cerrado... Já que não estou aí, aproveito através de você. Abraço,

carlos bruni disse...

Sinto-me um nada vendo como a vida se desfaz numa cidade com 35º de temperatura em pleno inverno. Aquela chuvinha boa, de molhar cachorro vira-lata, não cai há muito tempo e o ar, bem o ar, pode ser até tocado com as mãos de tão sujo que está. Pobre São Paulo, que não tem nem umas vaquinhas filosofando nos gramados do Parque do Ibirapuera.

carlos bruni disse...

Sinto-me um nada vendo como a vida se desfaz numa cidade com 35º de temperatura em pleno inverno. Aquela chuvinha boa, de molhar cachorro vira-lata, não cai há muito tempo e o ar, bem o ar, pode ser até tocado com as mãos de tão sujo que está. Pobre São Paulo, que não tem nem umas vaquinhas filosofando nos gramados do Parque do Ibirapuera.

Anônimo disse...

Leila

Ler com uma manta no colo e barulho da chuva é simplesmente fantástico. Espero que comece a chover logo por aqui, pois você me inspirou.

Beijocas
Emília

Anônimo disse...

Just found your blog, what a nice site.

Cheers!
Alan Greenspan'S Comments Gas Prices Leave Them Alone

Anônimo disse...

Blog is informative . Dont't stop. Here's a subject that interests many; how to buy & sell art schools on interest free credit; pay whenever you want.

Anônimo disse...

Immediate Priorities Post-Katrina
Talk of the Nation , August 31, 2005 The search and rescue continues after the devastation of ... Tim Tobias, Louisiana Coast Guard in New Orleans Joe Suhhayda, oceanographer and expert in emergency preparedness Thomas LaPoint, aquatic toxicologist; director of the Institute of Applied Sciences at the Univerisity of North Texas Joe Guarisco, ...
Hey, you have a great blog here! I'm definitely going to bookmark you!

I have a work from home site. It pretty much covers work from home related stuff.

Come and check it out if you get time :-)

Manoel Carlos disse...

Com seu texto simples e belo, você me deixou numa dúvida atroz: será que quando me disseram que eu parecia um filósofo eu, na verdade, parecia um boi?
Deu-me até vontade de pastar no Cerrado, filosoficamente, é claro!

Sonia disse...

Oi, Leila. O cerrado é lindo. Que fores há no cerrado, embora a mioria o imagine como um amontoado de galhos secos. E como é bom o cheirinho de terra molhada quando a chuva começa a cair?

marcelo disse...

Sábias vacas, Leila, que filosofam tão melhor que tantos...rs
bj,

Helena disse...

Totalmente climático. A gente se sente lá neste cenário delicado e intimista, curtindo a chuva e a leitura. Como um quadro impressionista. Lindo.

beijos

Laura disse...

muito bom como tudo que escreves minha cara
bj laura

carlos bruni disse...

Pronto, Leila! Foi só eu escrever que não há vaquinhas pastando no Ibirapuera e eis que elas aparecem por toda a cidade. Cento e cinquenta vacas, metafísicas, loucas, sagradas ou profanas, psicodélicas, enfim, uma variedade enorme delas, estarão expostas por toda a cidade.
A mostra "CowParade", exibidada pela primeira em Zurich, em 98, e depois em várias cidades do mundo, agora chega a Sampa. O público terá opotunidade de interagir com esses adoráveis bichinhos criados por artistas famosos ou desconhecidos e aplaudir ou odiar (mas nunca avacalhar - não resisti ao trocadilho). Ao final, as vaquinhas serão leioloadas e o que for arrecadado será destinado à instituições assistenciais. O que prova que a humanidade ainda não foi para o brejo (essa foi ainda mais infame).
Abraço
carlos bruni

121774 disse...

Cool blog! If you get a chance you may want to visit this penis enlargement reviews website, it is very cool.