sexta-feira, 25 de fevereiro de 2005

Ai, que preguiça!

Um dia e outro dia.

Hoje a dor foi menor, quase inexata.

Honra é um harakiri bem feito, debaixo para cima e com coragem.

Ontem poderia ter sido. Hoje estou bem.

O mundo é um lugar dos mais estranhos, tem impostos para pagar e muitas regras para serem seguidas. Tem-se carro para andar mais depressa mas para isso tem-se que perder horas e horas, dias, às vezes, escolhendo um carro, tirando carteira, trabalhando para comprar o carro, para pagar o mecânico….paga-se multas se nos enganamos quanto às regras a serem seguidas. Muitas.Todo dia dormimos e quando não dormimos é pior ainda. Isso não é uma regra, é uma lei da natureza.

Assim é o mundo. Ai, que preguiça!


leilasilva100@hotmail.com

3 comentários:

Manoel Carlos disse...

Preguiça ou cavilação... neste Mundo estranho, faz-se tudo, mas não um bom haraquiri.

carlos bruni disse...

A índole do brasileiro é macunaímica. Talvez seja por isso que em se tratando de honra jamais veremos um haraquiri honesto. Se acontecer, foi por descuido.

Allan Robert P. J. disse...

Paroles, paroles, paroles. Esse texto parece ter sido escrito sobre uma rede sob o sol de Salvador.
E, ali, o harakiri não compensa.
Ciao