sábado, 4 de agosto de 2007

Akhenaton – o rei herege (Naguib Mahfuz)

O escriba Mirim-Mon, viajando com seu pai pelo Egito antigo, fica impressionado e intrigado ao ver as ruínas do que fora a cidade do ‘Rei herege’ e parte com algumas recomendações de seu pai, para tentar descobrir a verdade sobre esta cativante figura, o primeiro monoteísta da história. Para se aproximar da verdade escuta várias versões da mesma história, entrevista todos os que estiveram em contato com o faraó, do seu pior inimigo à sua mulher, a famosa Nefertit.

Resenha no RoseLivros.
...

5 comentários:

Laura disse...

Deve ser um livro interessante. Hoje falei de javier marias lá, conhece?
Menina, uma moça, sei lá se é, implicou feio comigo hoje, vc viu? :)
acho que ando meio exibida demais, né? que saco!
eu sou meio assim, eu sei, mas é para lembrar dos bons tempos- aqui não acontece nadaaaaaaaaaaaaa
se eu não lembro do passado, morro.
mas estou mudando, depois conto.
Bjs laura

Sonia disse...

Oi, Leila, me interesso muito por egiptologia e tudo quanto se refere a história antiga. Vi esta semana no History Channel uma matéria sobre Nefertiti. A continuação do meu post fala em Catalão - não perca. Você é minha única leitora que conhece ou já ouviu falar de Catalão.

Polly disse...

que interessante menina!!!

Tati disse...

muito diferente. interessante e intrigante esta história. Adoro tudo que envolva História Antiga também.
muito bom, leila!

Wagner disse...

Acho que o Egito fascina muita gente, eu inclusive. Tenho um interesse especial pelas múmias, e sempre que passa algum programa ou documentário na TV sobre o tema, largo o que estiver fazendo para assistir.
Nunca tinha ouvido falar nesse autor, tampouco no livro, mas é sempre bom poder conhecer outros tipos de literatura — ainda mais quando se tem vontade de ler algo "diferente".

Um abraço.