segunda-feira, 13 de junho de 2005

Henfil na China

Lendo Henfil na China e rindo rindo rindo....mas Henfil não é só pra rir não, eu que sou meio boba mesmo.

Uma coisa me intriga, porque é que gente que nem o Henfil tem que morrer tão cedo? Porque é que Deus não faz um plebiscito:
“Filhos meus, logo um mineiro terá que partir e vocês podem escolher entre Aécio Neves, Itamar Franco, Henfil ou Odelmo Leão.” Não seria justo? Por essas e outras que não acredito nele, se existisse mesmo faria um plebiscito de vez em quando.

Leila

6 comentários:

Denise Arcoverde disse...

Oh, Leila, eu tambem ADORAVA o Henfil... triste, muito triste, que ele tenha ido embora tao cedo... :(

Nora Borges disse...

Oi, Leila.
Meu pai era fã numero um do Henfil,principalmente do Fradim que vinha no Pasquim... Associo um ao outro. E a partida de ambos não foi nada justa. Nem a do Lorde nem a do Henfil.

Manoel Carlos disse...

O irmão mais novo de Henfil, músico e funcionário do BNDES, também foi uma grande perda, morreu mais jovem.
Nem invente plebiscito, pois certamente o fariam em urna eletrônica e advinhe só quem morreria...
Eu também rio muito com Henfil, mesmo nas coisas sérias e profundas, ele era muito engraçado.

Laura disse...

Leila, não sei o que eu fiz que teu endereço nos meus favoritos não entrava no seu blog, hoje fui atrás dos comentários do meu blog e te achei.
Henfil, eu adorava os desenhos dele, adoro. Ontem andei dando uma lida nas "Cartas à mãe", viu estamos afinadas? e tem uma dedicatória tão linda que devo postar qquer dia, quem sabe amanhã, eu sempre faço o post no dia, depende do humor.
Vi mtas vezes Henfil,era tão frágil ,dava vontade de ser amiga dele, mas não fui.
Um bj, quero ver foto sua :)
laura.

Neuza disse...

Eu gostava muito do Henfil, me lembro de começar a notar a existência da Isto É por causa das cartas à mãe. E ele foi uma espécie matriz de onde saíram meus quadrinistas do coração: o grande Angeli, o bombástico Laerte e o esfuziante Glauco! :-D

PS Tinha também os quadros que ele fazia na TV Mulher, vc lembra? Eram demais!

Leonardo Freitas disse...

Oi, Leila! Também tô lendo Henfil na China. É mesmo um livro maravilhoso!!!!